CC nos Media

23-03-2017

Londres: Um ato de loucura não pode ser evitado

O eurodeputado do PSD, Carlos Coelho, defende que é preciso melhorar a troca de informações, mas lembra que um ato de loucura, como o de Londres, não pode ser evitado.
Fonte: TSF


17-03-2017

Eurodeputado Carlos Coelho fala sobre tecnologia na UBI

"Antecipar o Futuro: Dez Tecnologias que podem mudar as nossas vidas” é o título da conferência que tem lugar na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade da Beira Interior (UBI).
Fonte: O Interior


16-02-2017

Migrants head to Switzerland amid Austria border crackdown

Carlos Coelho na Comissão LIBE questionou a Comissão Europeia sobre controlos nas fronteiras internas do Espaço Schengen, pedindo acesso a informação
Fonte: euobserver


09-02-2017

European Parliament would like more information about temporary Schengen internal border controls

Carlos Coelho at the European Parliament civil liberties committee has called for more information about internal border controls in the Schengen area.
Fonte: Agence Europe


10-01-2017

Ciência. Quando as novas tecnologias testam os limites da lei

O estudo do Parlamento Europeu “Antecipar o Futuro – 10 Tecnologias que podem mudar as nossas vidas” foi apresentado em Lisboa por Carlos Moedas e Carlos Coelho
Fonte: Sol

07-01-2017

Lei sobre bitcoins exige consenso

Carros automáticos, bitcoins ou moedas virtuais, drones: o futuro está já aí mas os legisladores europeus ainda andam a marcar passo
Fonte: DN

06-01-2017

Moedas e Coelho falam do futuro que a tecnologia está a criar

Debate Antecipar o Futuro — 10 Tecnologias que Podem Mudar as Nossas Vidas.
Fonte: Público

06-01-2017

Políticos querem saber quais as inovações que vão mudar as nossas vidas

O comissário Carlos Moedas e o eurodeputado Carlos Coelho reuniram-se com cientistas na Universidade de Lisboa para pedir ajuda a identificarem as inovações que devem merecer a atenção dos políticos.
Fonte: Observador

11-12-2016

Europa, a última fronteira

Entre a pressão dos populistas anti-imigração e a força das empresas de armamento, a Europa pôs em marcha um "pacote de fronteiras" que ameaça os direitos dos cidadãos e não parece deixar os europeus mais seguros.
Fonte: Publico


11-12-2016

La UE se entrega a los planes del lobby de las empresas de seguridad

La política europea de fronteras está cambiando. Por la presión de los políticos antiinmigración, pero también porque lo exige una poderosa industria. Es lo que demuestra una carta enviada en 2013 por el entonces presidente del principal lobby de la seguridad, el español Santiago Roura.
Fonte: infoLibre


14-11-2016

Acabar com Schengen seria o fim da União Europeia

Conferência Internacional na Fundação Calouste Gulbenkian - Portugal / União europeia “Luzes e sombras 30 anos depois da adesão”
Fonte: DN


12-10-2016

Acabar com Schengen custaria pelo menos quatro mil milhões de euros

A conclusão é de um estudo apresentado esta quarta-feira no Parlamento Europeu.
Fonte: Radio Renascença


12-10-2016

Carlos Coelho preside a task force do Parlamento Europeu

Talvez por não ser o protótipo do eurodeputado conservador securitário, o português Carlos Coelho, do PSD, acabou por ser escolhido pelos seus colegas da Comissão das Liberdades Cívicas, Justiça e Assuntos Internos, para presidir à “Task Force” que vai escrutinar o desempenho das fronteiras externas da União Europeia.
Fonte: Público


12-10-2016

Acabar com Schengen pode custar 20 mil milhões de euros

Custos operacionais podem chegar aos 4 mil milhões de euros por ano. Carlos Coelho vai liderar grupo de trabalho que tentará libertar informação sobre o estado da livre-circulação.
Fonte: SOL


12-10-2016

Comissão avisa: “O movimento livre tem de ser garantido”

Comissário Europeu para as questões da Migração defende o regresso da livre circulação na Europa "o mais breve possível". Parlamento Europeu cria nova "polícia" para avaliar controlos nas fronteiras
Fonte: Observador


12-10-2016

Repor fronteiras na UE custaria 20 mil milhões de euros

Sistema de autorização para naturais de países terceiros viajarem na Europa é uma das medidas para garantir livre circulação total.
Fonte: Diário de Notícias


12-10-2016

Acabar com Schengen pode custar 20 mil milhões de euros

Custos operacionais podem chegar aos 4 mil milhões de euros por ano. Carlos Coelho vai liderar grupo de trabalho que tentará libertar informação sobre o estado da livre-circulação.
Fonte: I online


06-05-2016

Comissão Europeia desafiada a tomar posição sobre actos recentes de racismo na Polónia

O eurodeputado Carlos Coelho, eleito pelo PSD, quer que a Comissão Europeia tome uma posição sobre ataques xenófobos ou racistas na Polónia
Fonte: Público


17-02-2016

Eurodeputado do PSD questiona legalidade dos controlos fronteiriços decididos pela Áustria

Carlos Coelho põe em causa a legalidade dos controlos fronteiriços anunciados pela Áustria
Fonte: Jornal de Negócios


02-02-2016

Carlos Coelho pergunta: O que se passa com Schengen e com a Grécia?

O Diário de Notícias refere a iniciativa de Carlos Coelho que pede respostas urgentes à Comissão Europeia e ao Conselho sobre a situação na Grécia e a reintrodução dos controlos nas fronteiras internas em diversos países europeus
Fonte: Diário de Notícias


08-01-2016

Liberdade de circulação na Europa "pode colapsar"

Falta de organização e retórica populista de muitos estados-membros está a minar a resposta europeia à crise de refugiados e pode fazer colapsar não só o sistema europeu de asilo, como alertou António Guterres, mas "todo o edifício de Schengen". O alerta é do eurodeputado Carlos Coelho, que defende um corte de fundos aos países que não contribuem.
Fonte: Rádio Renascença


06-01-2016

Deputado português questiona CE sobre subida de comissões

Carlos Coelho apresentou, em Bruxelas, esta terça-feira, "uma pergunta prioritária à Comissão Europeia sobre o aumento das anuidades dos cartões de débito por parte da banca portuguesa"
Fonte: Jornal de Negócios


06-01-2016

Taxas elevadas

Carlos Coelho. questionou a Comissão Europeia sobre o aumento das taxas aplicadas nos cartões de débito em Portugal.
Fonte: Correio da Manhã


08-12-2015

Medidas antiterrorismo são inconstitucionais em Portugal

Só recentemente o Conselho Europeu aprovou norma que permite a serviços de fronteiras do espaço Schengen terem acesso a nome dos combatentes jihadistas
Fonte: DN


28-09-2015

Refugiados tarde e pouco

O Conselho não foi capaz de ter uma resposta consensual e decidiu por maioria, já a Cimeira de Chefes de Estado e de Governo obteve a unanimidade.
Fonte: Expresso