Textos Diversos: Carta da Europa

30-05-2016

BREXIT

Em editorial da Carta Da Europa, Carlos Coelho critica as cedências do Conselho a Cameron e considera que o BREXIT não vai ganhar.


16-07-2015

TARDE E POUCO

Em editorial da Carta da Europa, Carlos Coelho critica a postura do Conselho, relativamente aos refugiados, que aprova sempre o mínimo e é lento a decidir.


08-05-2015

Mediterrâneo

Em editorial da Carta da Europa, Carlos Coelho critica a falta de políticas europeias de asilo e imigração e reafirma que salvar vidas tem de ser a prioridade agora.


08-05-2015

Plano Juncker

Em editorial da Carta da Europa, Carlos Coelho felicita o Deputado José Manuel Fernandes pelo seu empenho e contributo para a aprovação do plano Juncker.


28-01-2015

Cumprir !

Em Editorial da carta da europa Carlos Coelho destaca as tensas negociações entre o Parlamento e o Conselho que levaram à aprovação do Orçamento para 2015 e sublinha o papel desempenhado pelo Dep. José Manuel Fernandes


29-10-2014

Jean Claude Juncker, Presidente da Comissão Europeia

Em Editorial da Carta da Europa, Carlos Coelho assinala as ambições do novo Presidente da Comissão Europeia Jean Claude Juncker e a boa prestação de Carlos Moedas


05-03-2012

Crescimento (Editorial da Carta da Europa)

Em Editorial da Carta da Europa, Carlos Coelho aplaude a viragem de página do Conselho que parece mais concentrado nas temáticas do crescimento e do emprego


17-05-2011

Solidários ?

Em Editorial do Carta da Europa, Carlos Coelho defende um reforço do valor da solidariedade na União Europeia


10-12-2010

QUE EUROPA?

Em Editorial do Carta da Europa, Carlos Coelho critica os Estados que prejudicam o interesse comum e se esquecem que também são europeus


30-06-2010

25 Anos

Em Editorial do Carta da Europa, Carlos Coelho assinala o 25º aniversário da entrada de Portugal na UE


01-04-2010

€uroSolidários ?

Em Editorial da Carta da Europa, Carlos Coelho interroga-se sobre a reacção da UE à crise grega e critica a falta de solidariedade


01-02-2010

Barroso II

Em Editorial do Carta da Europa, Carlos Coelho aprecia positivamente as audições aos Comissários indigitados, elogia a 2ª Comissão Barroso e destaca a proeza de apenas outras duas personalidades europeias terem sido reeleitas para a Presidência da Comissão Europeia


20-11-2009

Habemus Tratado de Lisboa

Em editorial da Carta da Europa. Carlos Coelho saúda a entrada em vigor do Tratado de Lisboa e felicita os "ganhadores", incluindo Durão Barroso.


23-01-2009

Preconceitos ! (Obama, Mulheres, Governo Sócrates e Directiva do tempo de trabalho)

Em Editorial do Carta da Europa Carlos Coelho refere-se aos preconceitos sobre a América, os socialistas e a dimensão e capacidade de influência de Portugal na cena europeia


06-12-2006

Verdade e Justiça (sobre a investigação às alegadas acções da CIA na Europa)

Em Editorial do Carta da Europa, Carlos Coelho refere-se aos valores que se pretendem defender com a investigação às alegadas acções da CIA na Europa


15-04-2006

Decidir bem

Em editorial do "Carta da Europa", Carlos Coelho assinala a influência crescente do Parlamento Europeu no processo legislativo e comenta o caso da Directiva dos Serviços onde o Parlamento impôs alterações significativas ao Conselho e à Comissão Europeia


15-02-2006

Europês

Em editorial do "Carta da Europa", Carlos Coelho refere-se ao "europês" sublinhando a utilidade do primeiro Dicionário português de termos europeus em cuja elaboração colaboraram os Deputados europeus eleitos pelo PSD e muitas outras personalidades do PSD e independentes


14-12-2005

Um Presidente

Em editorial do "Carta da Europa", Carlos Coelho refere-se a novos protagonistas na cena europeia como a Chanceler alemã Angela Merkel ou o candidato a Presidente da Répública, Cavaco Silva


15-10-2005

Inocente

Em editorial do "Carta da Europa", Carlos Coelho condena o assassinato do jovem Jean Charles de Menezes pela polícia britânica e as tentativas do seu encobrimento


15-07-2005

Não, não e não

Em editorial do "Carta da Europa", Carlos Coelho critica a Presidência de Tony Blair que acumula os "Nãos" recentes na evolução do processo comunitário (crítica à gestão do dossier das perspectivas financeiras)